Silvio Guindane é um artista versátil que realiza trabalhos no cinema, no teatro e na televisão como diretor, dramaturgo e ator. Começou a carreira ainda criança, aos 11 anos, no filme “Como Nascem os Anjos” (1996), que lhe valeu um Kikito, no Festival de Gramado, e um Candango, no Festival de Brasília. Seus muitos trabalhos no cinema incluem ainda “Em Nome da Lei”, “Sonhos Roubados” e “O Crime da Gávea”.

Em TV esteve em produções da Rede Globo (“O Clone” e “América”), da Rede Record, do Canal Futura, do Multishow e Fox. Pela novela “Balacobaco” (Record) foi indicado ao Prêmio Contigo de Melhor Ator Coadjuvante.