Música

É MELHOR SER ALEGRE QUE SER TRISTE – Musical. Show.

Espetáculo que retrata obra e vida de Vinicius de Moraes, o Poetinha, um homem apaixonado pelas mulheres e pelos amigos, vários deles parceiros de vida e de música. E são essas parcerias os destaques no show que traz composições de Vinicius com Tom Jobin, Baden Powell, Adoniran Barnosa, Carlos Lyra e Toquinho.

Como se estivessem na mesa de um bar, de frente para Copacabana, conversando, Célia, Jane Duboc e Juan Alba lembram, cantam (acompanhados de banda ao vivo) e relembram a trajetória desse ícone da cultura brasileira.

Roteiro: Fernando Cardoso e Ciça Corrêa /
Direção-geral: Fernando Cardoso /
Direção musical: Ogair Júnior /
Elenco: Célia, Jane Duboc e Juan Alba /
Cenografia: Fernando Cardoso /
Figurino: Robson Faustini /
Iluminação: Bruno Cerezoli /
Produção executiva: Fernando Cardoso /
Direção de produção: Roberto Monteiro

Realização: Mesa 2 Produções

Duração: 75 minutos

Classificação indicativa: 12 anos

PALAVRA DE MULHER

Musical. Show.

Em clima de cabaré, Lucinha Lins, Tania Alves e Virgínia Rosa cantam e interpretam personagens imortalizadas em canções de Chico Buarque. Entre as músicas estão clássicos como "Tatuagem", "O Meu Amor", "Folhetim", "Sob Medida", "Terezinha", "Tango de Nancy", "Bastidores", "Atrás da Porta" e "Trocando em Miúdos".

Indicado ao Prêmio Bibi Ferreira 2014 nas categorias Melhor Musical Brasileiro, Melhor Atriz (Tania Alves), Melhor Direção Musical (Ogair Júnior) e Melhor Direção (Fernando Cardoso).

O espetáculo também está disponível em DVD.

Idealização e roteiro: Fernando Cardoso /
Direção-geral: Fernando Cardoso /
Direção musical: Ogair Júnior /
Elenco: Lucinha Lins, Tania Alves e Virgínia Rosa (Aretha Marcos) /
Cenografia: Fernando Cardoso /
Figurino: Cláudio Tovar e as cantoras /
Direção de movimento: Alex Neoral /
Iluminação: Wagner Freire /
Produção executiva: Elisangela Monteiro /
Direção de produção: Roberto Monteiro

Realização: Mesa 2 Produções

Duração: 85 minutos

Classificação indicativa: 14 anos

VIRGÍNIA ROSA CANTA CLARA

Show.

Clara Nunes é homenageada por Virgínia Rosa, que se identifica profundamente com a arista e vem pesquisando a obra desse ícone da MPB desde que participou do show O Amor que o Mar Levou - Uma Homenagem ao ABC do Samba.

Clara foi eternizada por canções de Candeia, Caymmi, Nelson Cavaquinho, Cartola, Carlos Cachaça, Paulinho da Viola, entre outros, e transitou por vários estilos musicais. No palco, Virgínia interpreta vários sucessos da cantora como "O Mar Serenou", "Feira de Mangaio" e "Tristeza Pé no Chão".

O espetáculo transformou-se em especial musical de final de ano da TV Cultura e em CD, com o selo Sesc.

Roteiro: Fernando Cardoso /
Direção artística: Fernando Cardoso /
Direção musical: Ogair Júnior /
Elenco: Virgínia Rosa e banda /
Cenografia: Alexandre Toro /
Figurino: Fernando Cardoso e Virgínia Rosa /
Iluminação: Jefferson Bessa /
Produção executiva: Fernando Cardoso /
Direção de produção: Roberto Monteiro

Realização: Mesa 2 Produções

Duração: 75 minutos

Classificação indicativa: 12 anos

Cantoras