Vídeos







PALAVRA DE MULHER

Disponível em DVD (adquira no site Mesa2 em Vendas) e em cartaz nos palcos do país, Palavra de Mulher é um espetáculo que mistura música e teatro, com Lucinha Lins, Tania Alves e Virgínia Rosa.

Aqui, você confere alguns trechos da peça, com as três atrizes-cantoras interpretando várias canções de Chico Buarque sobre o universo feminino, entre outras.

Em clima de cabaré, com músicos no palco, Lucinha, Tania e Virginia se apresentam em solos, duos e em conjunto, ao falar de sensibilidade e da paixão pela vida e pela música

Uma co-produção Mesa2 e Canal Brasil









É MELHOR SER ALEGRE QUE SER TRISTE

Com Célia, Jane Duboc e Juan Alba no palco, “É Melhor Ser Alegre que Ser Triste!” faz uma homenagem a Vinícius de Moraes. Como se estivessem em um bar de frente para o mar de Copacabana, Célia, Jane Duboc e Juan Alba cantam e lembram histórias que fizeram do Poetinha um dos ícones da MPB.

O espetáculo continua em cartaz pelos palcos do Brasil.









AMADO SAMBA

Virgínia Rosa canta “Amado Samba”, que consta de seu CD Samba a Dois, (direção artística de Fernando Cardoso e da própria cantora). O disco está disponível para compra no site Mesa2 em Vendas.

Com cenas gravadas em Super 8 no litoral de São Paulo, o videoclipe tem direção de Fernando Cardoso e Dácio Pinheiro. “Amado Samba” foi escrita por Luísa Malta em homenagem ao pai Amado Malta.









CACILDA

Virgínia Rosa interpreta “Cacilda”, canção que gravou com o pianista Geraldo Flach e faz parte do CD “Virgínia Rosa & Geraldo Flach - Voz & Piano”. O disco está disponível para compra no site Mesa2 em Vendas.

No videoclipe, cenas gravadas no histórico Teatro Oficina com direção de Benê Porto, Dácio Pinheiro e Fernando Cardoso.

“Cacilda” é uma composição de José Miguel Wisnik para o espetáculo de mesmo nome, uma homenagem à atriz Cacilda Becker.

Uma curiosidade: no clip Virgínia Rosa usa um crucifixo que pertenceu a Cacilda, emprestado para a gravação por sua irmã, a atriz Cleyde Yáconis.









SAMPA

Virgínia Rosa interpreta “Sampa”, canção escrita por Caetano Veloso e que ganha aqui um videoclipe assinado por Dácio Pinheiro e Fernando Cardoso, e inspirado no dia a dia das pessoas que vivem e respiram São Paulo. Virgínia, que nasceu e cresceu na cidade, conhece bem o ritmo dessa que é considerada uma das maiores capitais do mundo. Entre cenas de estúdio e outras gravadas nas ruas, o videoclipe apresenta, em um mosaico, a artista circulando pelo centro da cidade, praças etc. Clip gravado especialmente para os 425 anos da cidade.