Uma das fundadoras do Grupo de Teatro Mambembe, Maria do Carmo Soares já realizou inúmeros trabalhos em teatro, cinema e TV. Nos palcos interpretou Perpétua no musical Tieta do Agreste e esteve em espetáculos como Farsa de Inês Pereira, Besame Mucho, A Vida É Sonho, Vestido de Noiva, A Louca de Chaillot, Madame de Sade, Crônica da Casa Assassinada, O Mal-Entendido e Quando Ismália Enlouqueceu.

Outros trabalhos da atriz incluem o filme Bonitinha, Mas Ordinária (versão de 2013) – dirigido por Moacyr Góes, com Leandra Leal e João Miguel como protagonistas –, Lili e as Libélulas (de René Guerra) e A Sogra Perfeita (dirigido por Cris D’Amato), ambos com lançamento em 2020. Na TV teve destaque na minissérie O Brado Retumbante e está na série ainda inédita Colônia, do Canal Brasil.