Atriz, diretora e produtora, Sol Miranda é cofundadora da Cia. Emu de Teatro. Como atriz, atuou nos espetáculos Salina (A Última Vértebra), Mercedes, do qual assina também a dramaturgia ao lado de Cássio Duque, Adormecida, A Febre do Samba, Intore – A Dança dos Heróis e Nem o Verbo, no qual fez também a direção e a dramaturgia. Idealizou e dirigiu ainda Olhos d’Água ou Nas Pedras Nasciam as Asas, uma adaptação do conto “Olhos d’Água”, de Conceição Evaristo, com poesias de Elaine Freitas e Tati Vilella.

Seus trabalhos no cinema incluem o longa Regra 34 e o docudrama Enquanto Viver, Luto!. Como produtora, trabalhou com Domingos de Oliveira, foi assistente de Lázaro Ramos em 2019 e participou de eventos da Cufa (Centra Única das Favelas).